segunda-feira, 17 de março de 2014

Reverência ao destino

Falar é completamente fácil, quando se tem palavras
 em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer,
o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros,
ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado.

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso.
E com confiança no que diz.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer ou ter coragem pra fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que
realmente te conhece, te respeita e te entende.
E é assim que perdemos pessoas especiais.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.
Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.

Fácil é dizer "oi" ou "como vai?"
Difícil é dizer "adeus", principalmente quando somos
culpados pela partida de alguém de nossas vidas...

Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida.
Aquela que toma conta do corpo como uma corrente
elétrica quando tocamos a pessoa certa.

Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só.
Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois.
 Amar e se entregar, e aprender a dar valor somente a quem te ama.

Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência, acenando o tempo todo,
 mostrando nossas escolhas erradas.

Fácil é ditar regras.
Difícil é seguí-las.
Ter a noção exata de nossas próprias vidas,
 ao invés de ter noção das vidas dos outros.

Fácil é perguntar o que deseja saber.
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta ou querer entender a resposta.

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.

Fácil é dar um beijo.
Difícil é entregar a alma, sinceramente, por inteiro.

Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te
 aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro.

Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém, saber que se é realmente amado.

Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.

Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo,
 mas com tamanha intensidade, que se petrifica,
 e nenhuma força jamais o resgata.

Carlos Drummond de Andrade


8 comentários:

Sony Azevedo disse...

Maravilhosa reflexão versada pelo mestre Drummond. Grata por compartilhar. Luz e paz. Beijo no coração

Rosana Martí disse...

No hay nada fácil amiga mía, todo tiene su contenido y valor en las palabras, ni tan siquiera es fácil decir; lo siento...

Como siempre es bello leer tus letras que tanto llenan el alma de amistad, cariño y amor.

Un abrazo envuelto en rocío de la mañana.

José Ramón disse...

Evanir Interesante artículo gracias por su visita Saludos

MAR disse...

Tu Blog y tus sentimientos son muy bellos.
Me siento muy agradecida de que nos visitemos y nos hagamos compañía, tú eres un aporte positivo para la vida.
Un abrazo enorme con cariño.
mar

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
A vida não é complicada, não temos que ser igual a alguém para agradar, nem ninguém tem que ser igual a nós para ser aceite, cada um é como é, só nos aceita quem quer.
Gosto de ler Drummond.
Abraço
ag

LUZ disse...

Olá, querida amiga, Evanir!

Tudo bem, com você?

Seu marido, como está? Li, no blogue do Emanuel, escrito por você, que ele estava doente. fiquei preocupada, porque, aqui, em Portugal se diz: "mulher doente, mulher para sempre", mas quanto aos homens, as coisas não se passam desse jeito. Por vezes, é tudo, muito rápido.

Não conhecia esse seu blogue, e daí, hoje, estou com "você", aqui, falando, um pouquinho, e expressando minha amizade por você, que, segundo me disse a nossa amiga, Da. Maria Luísa, você, é tal e tal, como se mostra nos seus blogues.

Agradeço as suas palavras, sempre gentis e carinhosas no meu blogue, e, hoje, DIA VIRTUAL DO AMIGO, elas se aplicam mais do que nunca.

Nós somos, de facto, amigas virtuais, mas, por vezes, tenho a sensação de que conheço você há muito tempo, em carne e osso, ao vivo e a cores.

Temos falado algumas vezes, por e-mail, o que faz com que conheçamos melhor.

FELIZ DIA DO AMIGO VIRTUAL!

Beijos da Luz, que sempre te valorizou. Você necessita de ser muito amada, porque sua infância e adolescência deixaram algumas marcas, menos boas.

Portal De Mis Desvelos disse...

Muy lindo! Thank you!!!

As riqυєʑαs iทsσท∂ávєis ∂є Crisτσ disse...

"Sempre peça a Deus para lhe dar o que você merece, não o que deseja. Seus desejos podem ser poucos diante do que você merece."

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Eu só vim desejar um lindo dia para você!!
Que seu coração renove todas forças que julgava ter perdido. Que ele se encha de esperanças de que a cada amanhecer tudo se renova… Tudo se torna possível partindo do momento em que VOCÊ lute pelo que realmente deseja.
Desejo também que os obstáculos do caminho não sejam motivos de desânimo, mas sim de superação… para que lá na frente quando você tiver passado por tudo e vencido, você possa olhar para trás e dizer: “VALEU A PENA!”.

Bom dia!